"Haja Luz!" E houve Lutti.

Aqui, vamos te contar como foi o caminho que percorremos até chegarmos ao nome da nossa Startup. Senta que lá vem história.


Há muitos aspectos que podem ser incorporados às marcas na busca pela fidelização de seus consumidores. Tais aspectos devem ser voltados ao cliente para que ele consiga se identificar e relacionar a marca ao seu cotidiano. Buscamos desenvolver um trabalho sinérgico entre todos os elementos do branding para a incorporação desses sentidos e no nosso modelo de negócio.


Para que alcançássemos essa sinergia, juntamos nossa equipe de business, engenheiros, desenvolvedores e designers diversificando as ideias na escolha do nome da nossa startup.


Brainstorming para construção do nome Lutti, realizado em 02 de setembro de 2019.


Inicialmente, foram levantadas ideias com conceitos mais óbvios que refletem ao projeto: Tecnologia, Varejo 4.0, IoT, etc. Entretanto, apesar de eles ilustrarem de maneira clara a estrutura do objetivo da empresa, percebemos que o caminho que estávamos tomando distanciava o ser humano como foco, além de não gerar nenhuma profundidade e significado. Vamos ser criativos e pensar fora da caixa?


Dessa forma, centralizamos o ser humano no processo de concepção de significado do nome, apropriando-se do conceito raiz de Indústria 4.0 e seus impactos na humanidade: Revolução e Evolução. Afinal, apesar de ser um mercado autônomo, não quer dizer que é operado por robôs, e sim por humanos, né?


A partir disso, chegamos no contexto histórico evolutivo do conhecimento que se tornou o conceito chave do nosso nome. Dentre muitos marcos revolucionários na história da humanidade, buscamos nos aprofundar no Renascimento, que se manifestou em uma época que impedia as artes, ciência e a cultura de acenderem.


Baseando-se na ideia de "Luz do conhecimento", tomamos como base a palavra “Luz” e o país de origem do Renascimento: a Itália, para surgimento do nome.


Luz em italiano configura-se como "Luce" cuja fonética se estabelece como “LÚTCHÊ”[‘luʧe]. Para facilitar a pronúncia no Brasil, construímos a palavra mágica Lutti, (tendo em vista o risco de “Luce” transformar-se em “Luci” na pronúncia popular) e tornar-se um nome com personalidade única.


E assim nasceram as meninas superpoderosas!

Hahaha, só que não, assim nasceu o nome Lutti!

48 visualizações

Assine e receba conteúdos exclusivos

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco